O xadrez continua na próxima estação

O xadrez é uma estampa atemporal, ou seja, nunca sai de moda e sempre se reinventa. Vamos conhecer um pouco mais sobre a história deste clássico e como usá-lo na temporada Primavera/Verão.

Compartilhe

Compartilhe

Da realeza escocesa ao movimento punk, das ruas até as passarelas de alta costura – o xadrez é um símbolo da capacidade da moda em representar uma variedade de estilos ao longo das gerações.

Muito mais do que simples padrões gráficos, é importante entender como o xadrez faz parte da evolução da moda. Quadriculados, que à primeira vista, parecem ser similares, mas se diferenciam em sua essência. Contaremos essa história a partir da ordem de surgimento de cada um, sempre destacando, o quanto eles permanecem atuais. Está pronta para embarcar nesta jornada?

  • Tendência Xadrez: Tartan

Listras entrelaçadas compõem o xadrez que conhecemos como tartan. De todos os tipos, ele é o mais antigo, com registros que remontam o ano de 3 a.C. Utilizado pelas tribos celtas da Escócia, cada grupo possuía cores e formas distintas, com tecidos feitos à mão e tingimentos naturais. Eram também usados nos kilts, as tradicionais saias masculinas escocesas, tornando-se parte da cultura e da realeza do país.

Avançando para o século XIX, o tartan atravessou as fronteiras da Escócia, recebendo destaque graças à rainha Vitória da Inglaterra, que o incorporou em suas roupas e até na decoração do seu castelo. Impulsionando os fabricantes de tecidos a produzi-los em grande escala, para muito além da nobreza.

A revolução da moda não para por aí: na década de 1970, tornou-se um ícone do movimento punk, que representava a contracultura. O contraste da tradição e rebeldia foi um dos motivos para a escolha do elemento.

Nas décadas seguintes, os estilistas abraçaram o tartan, inserindo-o em suas coleções e o consolidando como um ícone de sofisticação. Um exemplo é a Burberry, que o transformou em sua assinatura de estilo.

As últimas coleções Primavera Verão 24 destacam a estampa em cores vibrantes e principalmente aplicada em vestidos, alfaiataria e acessórios. Aposte para um visual de impacto!

  • Tendência Xadrez: Madras

O padrão madras é originário da Índia colonial do século XVII e é reconhecido pelas linhas cruzadas e coloridas, o tornando perfeito para a estação do verão.

Sua história vem da antiga cidade de Madras, na Índia, hoje chamada de Chennai. Ela é a capital do estado de Tâmil Nadu, que possuía uma grande atividade comercial de algodão e têxteis. Inicialmente, as técnicas de tecelagem eram manuais e os corantes utilizados eram naturais. A partir do século XIX, a produção do padrão Madras expandiu-se para a Europa e outras partes do mundo, ganhando popularidade.

A leveza e a vitalidade das cores presentes no padrão refletem a rica herança cultural da Índia. Até os dias atuais, as marcas incorporam o madras em suas coleções resort, reimaginando-o por meio de cortes contemporâneos, transmitindo uma sensação de elegância descontraída e o tornando perfeito para looks autorais.

  • Tendência Xadrez: Vichy

O grafismo vichy que se assemelha às toalhas de piquenique, tem sim, uma origem romântica. Ele surgiu no século XIX, na cidade de Vichy, na França, e era produzido em um tecido de algodão leve para crianças e mulheres. Em cores delicadas como o azul, rosa e branco, representava a inocência e simplicidade da vida do campo.

No clássico de 1939 “O Mágico de Oz”, Judy Garland brilhou com um vestido de vichy azul. O auge da estampa aconteceu nos anos 1950 e 1960 ao ser utilizado pela atriz Brigitte Bardot, e tornar-se assim, um símbolo do estilo retrô. Ele é o xadrez mais usado na estação do verão, pois reflete a cultura do lazer e das atividades ao ar livre.

Nos anos 2000, ocorreu um novo revival da estampa, e atualmente, ele está super em alta pelo seu destaque no filme “Barbie”. Para se inspirar nessa feminilidade em seus looks, invista em modelos com mangas bufantes e saias amplas.

  • Tendência Xadrez: Pied de Poule

Em um padrão de blocos, o pied de poule tem desenho que lembra pés de galinha. E é dessa analogia que vem o seu nome (em francês).

Ele foi realmente popularizado pela estilista francesa Coco Chanel na década de 1920. Presente nas suas criações icônicas, como o tailleur preto e branco. Desta forma, o pied de poule ficou conhecido como símbolo de elegância e empoderamento feminino.

No pós-guerra, em 1947, Christian Dior lançou a sua inovadora coleção New Look – peças com silhuetas acinturadas e saias amplas, em que o pied de poule estava presente. A sofisticação dos grafismos se associou perfeitamente à marca.

À medida que os anos se passaram, variações nas formas, cores e espaçamento foram criadas para se adaptar às tendências em constante evolução. E até hoje, esse xadrez continua atual, em peças que vão do clássico ao casual.

  • Tendência Xadrez: Buffalo

Esse é o xadrez que lembramos quando pensamos naquela camisa de flanela ou no estilo grunge dos anos 90. 

O padrão buffalo também surgiu na Escócia. Sua criação não foi puramente estética, mas também, funcional. Com um aproveitamento de retalhos de tecidos quadriculados para proteger do clima frio.

Nos anos 50, James Dean e Elvis Presley usavam as camisas de flanela para um visual de atitude “bad boy”, associado à febre do rock n’ roll. E nos anos 90, com o estilo grunge (que também está em alta), representava a expressão da autenticidade pessoal e o desvio das normas.

Com um xadrez ampliado e super chamativo, o buffalo ficou marcado como um modelo cool e assim persiste até hoje, adicionando um estilo rústico ao mood urbano.

  • Tendência Xadrez: Príncipe de Gales

Para quem busca um toque de elegância instantânea em seus looks, o xadrez príncipe de gales é a escolha certa. Ele possui essa nomenclatura por ser a estampa preferida do duque de Windsor, Edward VIII, entre os anos 1920 e 1930.

Com linhas finas e discretas, o xadrez ficou conhecido pela sua estética refinada, geralmente utilizada por homens da nobreza e alta sociedade. A partir dos anos 40, ele começou a aparecer também na moda feminina e ganhou força nos anos 60, nos looks da modelo Twiggy, conhecida pela sua androginia. 

Para o visual contemporâneo, invista em peças sofisticadas, como blazers, calças e saias de alfaiataria para incorporar essas padronagens nas suas coleções e apresentações de provadores.

Seja sob a influência da delicadeza do vichy ou do estilo rebelde do buffalo, os xadrezes são muito mais do que estampas, são exemplos de como a moda se transforma. E você, já escolheu seu preferido para a nova estação?

Quer saber as melhores trends do momento e como valorizar os seus produtos nas redes sociais? Me acompanhe no Instagram @joyalano_ e inscreva-se no meu canal do YouTube!

Texto feito pela Equipe Provador Fashion

Nesse texto usamos algumas palavras e termos em inglês. Que tal incluí-las no seu vocabulário, caso sejam novas para você?

Cool = descolado, moderno

Mood = ambiente

Trend = tendência

Referências:

Imagem destaque via Getty Images

ELLE https://elle.com.br/moda/estampa-vichy-historia-moderna

VOGUE https://vogue.globo.com/moda/noticia/2022/02/estampa-xadrez-tipos-historia-e-tendencias.html

BREDA ALFAIATARIA https://bredaalfaiataria.com.br/aposte-no-xadrez-madras-nas-festas-juninas/

Veja mais posts:

Tendências

Além das telas: um review no Oscar de Melhor Figurino

Compartilhe

Na noite de domingo (10) aconteceu a premiação mais importante da indústria cinematográfica: o Oscar. E para as fashionistas, todos os holofotes vão para o prêmio de figurino.

Tendências

Estéticas do momento que você precisa conhecer

Compartilhe

Confira as cinco estéticas que estão bombando no mundo da moda: Mob wife, Grandpacore, Coquette, Messy Girl e Businesscore. Descubra os elementos-chave de cada trend, de onde surgiram e como combiná-las com o seu estilo pessoal.

Conecte-se comigo:

@joyalano_

Rua Arão Marques Firmo, 50 - Vila Nova - Blumenau/SC

Política de Privacidade | Termos de Uso | Contato

©2021 por JOY ALANO - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS