Colete & Gravata: a alfaiataria no mood casual

Compartilhe

Compartilhe

RBD? Wednesday? Preppycore? São muitas as influências dessa trend que dominou as passarelas, viralizou em todas as redes e promete trazer uma alfaiataria renovada para as ruas.

A alfaiataria, tradicionalmente masculina, trouxe as suas peças clássicas para o guarda-roupa feminino, como a camisa, as calças e os blazers. Porém, recentemente um novo combo chamou atenção nos trends reports do momento: o colete + gravata. 

Possibilitando ser usadas juntas ou separadamente, essas peças adicionam sofisticação e modernidade para qualquer produção, desde o casual até o office look. 

Afinal, o office look da nova era foi totalmente ressignificado. A maioria das empresas não demanda limitações de dress code, o que abre espaço para o surgimento do movimento Relaxed Formal. Que abrange as novas formas de viver e trabalhar (trabalho remoto e híbrido) e é composto de peças práticas e tecidos maleáveis, misturando estilos formais e despojados.

Outras influências contribuíram muito para o colete e a gravata ganharem espaço no mundo da moda. Vamos explorá-las e conferir diversas dicas sobre como incorporar esses itens nos nossos looks.

 

  • Colete & Gravata: Influências da cultura pop

(Reboot Gossip Girl, RBD, Euphoria, The Sex Lives of College Girls, Wednesday, Preppycore, Dark Academia)

Estéticas como o Preppycore e o Dark Academia fazem sucesso no aplicativo TikTok. Apesar de possuírem elementos parecidos, contam com identidades muito únicas e inspiram, tanto gen Zs quanto millennials, a inserirem a alfaiataria no seu dia a dia.

O Preppycore é o visual nomeado a partir do uniforme das escolas privadas americanas. Camisas, ternos ajustados e saias plissadas, em variações de cores e xadrezes. Presentes nas séries The Sex Lives of College Girls, na personagem Lexie de Euphoria, no reboot de Gossip Girl e mais recentemente, na febre do grupo RBD que anunciou sua volta aos palcos em 2023.

O Dark Academia é uma versão mais gótica, trazendo um ar de mistério, intelectualidade e supervalorização dos clássicos. Com tons escuros predominando, peças vintage e calçados robustos, como visto na série Wednesday.

Ambas as aesthetics integram perfeitamente o colete e a gravata nas suas produções e contribuem para o hype desta dupla. Confira agora um paralelo com os desfiles das grandes marcas e o street style para te convencer de vez a dar uma chance para essa trend!

 

  • Colete nas passarelas

(Chanel, Bianca Spender, Giorgio Armani, Alessandra Rich, Brunello Cucinelli)

O colete é a peça-chave do momento e foi unanimidade nas passarelas. Integrando composições femininas (com saia midi e vestidos) e boyish, transcendendo normas tradicionais de gênero. 

 

  • Colete no street style

(Asos, Imaxtree, Shafa, Ellen Claesson)

A maior vantagem do colete é como ele pode ser usado em todas as estações, desde dias frescos do verão até em um mix de sobreposições, no inverno. Aposte em elementos modernos (como óculos de sol, cintos e tênis) para adicionar um toque casual à alfaiataria.

 

  • Gravata nas passarelas

(Charles Jeffrey Loverboy, Chanel, Moschino, Conner Ives)

A gravata foi protagonista nas criações da alta costura, indicando que será uma it-peça para as próximas temporadas. Misturando o estilo clássico com novos materiais, estampas e amarrações. 

 

  • Gravata no street style

(Anne-Marie Van Dijk, Bella Fleurz, Oh Baby Oh Man, By Regina)

No look do dia, brinque com as combinações e dê match com jeans, croppeds e acessórios cool. Uma ótima dica é deixar de lado aquela preocupação com o nó de gravata perfeito e usá-la como echarpe, somente enrolando no pescoço de forma descontraída.

 

  • Colete & Gravata: a dupla perfeita

(Kamperett, Imaxtree, Bonprix, Misfashioned)

Nada melhor do que unir esse duo de tendências em um único look. Seja com colete aberto ou fechado e gravata com nó ou sem, essa composição é certeza de sucesso.

Como é bom ver peças atemporais, conhecidas por seu estilo clássico, sofisticação e pela durabilidade, tornaram-se referências no guarda-roupa feminino. São itens que, definitivamente, valem o investimento!

Quer saber as melhores trends do momento e como valorizar os seus produtos nas redes sociais? Me acompanhe no Instagram @joyalano_ e inscreva-se no meu canal do YouTube!

 

Texto feito pela Equipe Provador Fashion

 

Nesse texto usamos algumas palavras e termos em inglês. Que tal incluí-las no seu vocabulário, caso sejam novas para você?

Office Look = roupa de trabalho.

Dress code = código de vestimenta de trabalho.

Gen Z = geração Z, pessoas nascidas entre 1997 – 2012.

Millennials = pessoas nascidas entre 1981 – 1996.

Reboot = retorno, recomeço.

Vintage = estilo retrô ou clássico, inspirado no passado.

Aesthetics = estéticas.

Hype = sucesso do momento.

Street style = estilo das ruas.

Boyish = inspirada no estilo masculino.

It-peça = tradução livre: “a” peça, peça-chave

Match = combinação.

Cool = descolado, moderno.

 

Referências:

Imagem destaque via @bellahadid

GLAMOUR. https://www.glamourmagazine.co.uk/gallery/dark-academia-fashion-trend

GLAMOUR. https://www.glamourmagazine.co.uk/article/preppycore-tiktok-trend

WHO WHAT WEAR. https://www.whowhatwear.co.uk/how-to-wear-a-tie/

 

Veja mais posts:

Tendências

Além das telas: um review no Oscar de Melhor Figurino

Compartilhe

Na noite de domingo (10) aconteceu a premiação mais importante da indústria cinematográfica: o Oscar. E para as fashionistas, todos os holofotes vão para o prêmio de figurino.

Tendências

Estéticas do momento que você precisa conhecer

Compartilhe

Confira as cinco estéticas que estão bombando no mundo da moda: Mob wife, Grandpacore, Coquette, Messy Girl e Businesscore. Descubra os elementos-chave de cada trend, de onde surgiram e como combiná-las com o seu estilo pessoal.

Conecte-se comigo:

@joyalano_

Rua Arão Marques Firmo, 50 - Vila Nova - Blumenau/SC

Política de Privacidade | Termos de Uso | Contato

©2021 por JOY ALANO - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS