5 marcas nacionais que enxergam o público PcD:

Vamos falar sobre um público que tem grande poder de consumo e pouca visibilidade na moda: as pessoas com deficiência.

Compartilhe

Compartilhe

A moda deve ser para todos. E quando pensamos em roupas e acessórios para corpos além do padrão, existe um grupo de pessoas que ainda é deixado de lado. 

Segundo dados do IBGE, o Brasil tem 18,6 milhões de pessoas com deficiência. Mais da metade (10,7 milhões) são mulheres, indicando que 1 em cada 10 mulheres é PcD (pessoa com deficiência). 

A pesquisa afirma ainda que pessoas com deficiência possuem menor acesso à educação, ao mercado de trabalho e à renda. E essa discussão se estende à moda. Mariana Torquato, influenciadora, desabafa em um vídeo em seu canal: “Eu nunca me vi nos outdoors das ruas, nas revistas de moda ou nos manequins das lojas. A falta de corpos como o meu me fez acreditar que havia algo de errado comigo. Você já parou para pensar como isso mexe com a autoimagem de uma pessoa PcD? Todos nós buscamos essa sensação de ‘pertencer'”.

O mercado de moda pensado para pessoas com deficiência é pouquíssimo explorado pelas marcas. E não é por falta de potencial de compra: PcD’s movimentam mais de 22 bilhões de reais anualmente, somente no Brasil (dados). E 61% afirma que não encontram produtos para suas necessidades.

Pessoas com deficiência querem vestir a moda em produtos que unam acessibilidade e estilo. Com adaptações funcionais que geram autonomia ao vestir, e também, peças que representem suas personalidades. Vamos conferir agora iniciativas brasileiras que estão fazendo a diferença, enxergando o público PcD.


  • Marcas PcD: Reserva – Adapte

A Reserva é uma marca com vinte anos de história, que, através de uma parceria com a marca Equal Moda Inclusiva lançou a linha Adapte, com roupas totalmente adaptadas para pessoas com deficiência. São 14 modelos idênticos à coleção tradicional, mas com modelagem adaptada, zíperes laterais e velcros para substituir botões. O CEO Rony Meisler espera que o exemplo da Reserva impulsione outros empresários da moda nacional a criarem linhas similares. Confira a coleção completa no site: https://www.usereserva.com/adapte


  • Marcas PcD – Freeda

A marca Freeda criada pela dupla Santuza Prado e Juliana Sevaybricker investiu dois anos de teste, antes do lançamento em 2020, para entender as verdadeiras necessidades das pessoas com mobilidade reduzida. Pesquisa que resultou em modelagens específicas para diferentes corpos, tecidos confortáveis que evitam escaras na pele e aviamentos que facilitam na hora da troca de roupa. O nome da marca é inspirado em Frida Kahlo, pintora mexicana que também era uma pessoa com deficiência. Confira a loja online, que atende todo o Brasil: https://www.freeda.com.br/


  • Marcas PcD: Dakota – Ser Linda é Poder

A empresa Dakota Calçados com quase 50 anos de história, expandiu seu olhar no ano de 2021 para o público com deficiência. Foi criado, em parceria com a influenciadora PcD Bella Savaget, a linha de produtos Ser Linda é Poder. Com numeração do 26 ao 40, os tênis são capazes de dar autonomia no calçar para pessoas com deficiência. Eles se adaptam perfeitamente aos pés mais diversos e às órteses ortopédicas, por meio de um zíper lateral – que permite uma abertura mais completa do calçado, e do fechamento por fitas duplas aderentes. A linha tornou-se parte do propósito da marca e recebe novos lançamentos a cada coleção:  https://www.dakota.com.br/colecao-poder


  • Marcas PcD – Pantys

A Pantys revolucionou o mercado sendo a primeira marca de calcinhas absorventes da América Latina e estendeu essa inovação para facilitar a rotina menstrual de pessoas com deficiência. O novo modelo Easy possui aberturas laterais estratégicas que possibilitam a troca de maneira prática. Impermeável, antibacteriana, respirável e com secagem rápida, a calcinha é importante pois soluciona uma necessidade que ainda é tratada como tabu. Do tamanho PP ao XXGG, pode ser encontrada no site: https://www.pantys.com.br//products/easy


  • Marcas PcD – Costuras do Imaginário

3,4% dos brasileiros possuem deficiência visual e a descrição em braille é uma linguagem que torna a moda acessível além do olhar. Cada peça da Costuras do Imaginário traz a descrição da estampa e da cor em braille diretamente na superfície da roupa, além de estar presente na etiqueta. Essa atenção aos detalhes torna o design dos modelos inclusivo e garante autonomia. Acesse o e-commerce no: https://www.costurasdoimaginario.com.br/


Ainda falta muito para tornar roupas e acessórios PcD’s acessíveis para todos os tipos de deficiência, com amplas grades de tamanho e contemplando diferentes estilos. Precisamos trazer esse assunto à tona, dando visibilidade às iniciativas já existentes e trazendo representatividade a estes corpos, tanto na publicidade quanto no processo de criação. Afinal, está mais do que na hora da verdadeira inclusão na moda.

Quer saber as melhores trends do momento e como valorizar os seus produtos nas redes sociais? Me acompanhe no Instagram @joyalano_ e inscreva-se no meu canal do YouTube!

Texto feito pela Equipe Provador Fashion


Referências:

Imagem destaque via Reserva – Adapt

CIVIAM https://civiam.com.br/moda-inclusiva-para-pessoas-com-mobilidade-reduzida/

JORNALISTA INCLUSIVO  https://jornalistainclusivo.com/adapte-roupas-adaptadas-para-publico-pcd/

JORNALISTA INCLUSIVO  https://jornalistainclusivo.com/nova-calcinha-absorvente-facilita-rotina-menstrual-da-pcd/

Veja mais posts:

Moda Sustentável

Brechós: de onde vieram e para onde vão

Compartilhe

Você tem o hábito de comprar em brechós? Pois saiba que esta é uma tendência forte de comportamento, não apenas pela possibilidade de encontrar peças raras a preços acessíveis, como também por incentivar o consumo consciente na moda.

Tendências

Top 10 tendências vistas no MET Gala

Compartilhe

O Met Gala é a noite mais fashion do ano. No dia 06/05, as celebridades se reuniram em Nova York para uma grande festa beneficente, que apoia a preservação do Costume Institute, a ala de figurinos do Metropolitan Museum of Art.

Conecte-se comigo:

@joyalano_

Rua Arão Marques Firmo, 50 - Vila Nova - Blumenau/SC

Política de Privacidade | Termos de Uso | Contato

©2021 por JOY ALANO - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

plugins premium WordPress